Me siga!

26.2.18

Oi, sumido...



... vi que você não tem sido atualizado pela sua autora, queria saber se está tudo bem!


Às vezes eu me sinto como um bichinho que sai da toca, deixando rastros por onde passa porque SABE que vai se perder, mas sempre vai com a intenção de voltar.

Quanto tempo a gente não se fala por aqui? A galera que lê blogs ainda existe? Onde vivem e como se alimentam? E os blogueiros? Ainda lembram de renovar seus domínios? Esse ano eu quase esqueci! Imagina só perder o Bolas de Meia... O nome do blog, que embora já não me represente taaanto, carrega tanta história!

Sinto que existe uma falha nessa linha do tempo. Aconteceram coisas extremamente importantes e cruciais na minha experiência de vida como humana nessa terra (eu não acredito em reencarnação, mas caso exista, eu sei que nunca seria a mesma experiência). Mas apesar da desatualização dessa página, os rastros citados na primeira frase desse post ficaram no meu instagram e no meu canal no youtube. Eu sempre acho algum jeito de registrar.

Mas vamos lá! Vamos tentar tapar esse buraco:

Eu me formei na faculdade, curso de Mídias Sociais Digitais, consegui um emprego na minha área, que me permite trabalhar de onde eu quiser DO MUNDO INTEIRO! Isso possibilitou que eu realizasse o primeiro dos roteiros que escrevi 3 anos e meio atrás nesse blog, naquele post ''5 roteiros para os próximos 5 anos', lembram? =) [Em breve falaremos mais sobre como isso tudo se deu, mas já adianto que foi em Pacific Coast, Califórnia]

Essa viagem me ajudou a perceber na marra que trabalhar de onde eu quiser no mundo inteiro não é lá esse glamour todo! Na verdade, a minha experiência foi bem difícil e um tanto frustrante, mas ainda assim, bem legal e extremamente válida.

Saudades, Califórnia!
Virei o tipo de pessoa que eu mais odiava: a que nega sair com os amigos porque tem que trabalhar no dia seguinte. SIM, parecia impossível, mas hoje em dia sou essa pessoa. Amigos que critiquei por fazerem isso, me perdoem! Agora eu entendo vocês e admito que é uma delícia estar deitada na cama às 22h, assistindo uma série na Netflix até pegar no sono!

Eu trabalho como social media prestando serviço para uma agência, sou uma freelancer. Também dou aulas sobre mídias sociais no Instituto de Cinema de São Paulo e, vez ou outra, eu dou consultoria sobre redes sociais.

Apesar de estar me sentindo muito estressada ultimamente com algumas coisas específicas no meu trabalho, estou muito feliz com tudo que conquistei profissionalmente até hoje.

Estou cercada de pessoas incríveis e tenho um contato muito próximo com algumas das que mais admiro. Sair da minha bolha social me assusta muito... Vejo cada compartilhamento no facebook que às vezes fico desesperada, sem saber onde vamos parar! Mas enfim, a vida continua sendo boa enquanto eu conseguir manter a minha positividade.

Daqui a alguns dias vou completar 23 anos, estou namorando esse cara e redescobri o amor. Na verdade, cheguei à conclusão de que o amor não é uma coisa para definir... Não sei nem se ele pode ser categorizado como um ''sentimento''. O amor é tão inexplicável que ele é muito mais do que só isso.

Ah! E eu voltei a escrever um diário. Que terapia maravilhosa! Parece mágica... Muitas vezes começo a escrever aos prantos e, quando termino, estou leve como uma pena. E por falar em terapia, estou procurando um analista, acho que vai ser bom pra mim... É bom pra todo mundo. Inclusive, se você não faz terapia, deveria, viu? Ter um psicólogo é tão importante como ter um clínico geral, por exemplo. Um cuida do seu corpo, enquanto o outro cuida da sua mente  .


É isso, um resumão do que tem acontecido nos últimos tempos.

Que delícia matar saudades! Nos vemos em breve!

Beijos,
Ana.

PS: A foto de abertura do post é da Dani Nogueira. Ela está fotografando e arrasando! E a segunda é do Andres, em uma das tardes que saímos para explorar Los Angeles.

7 comentários :

  1. Oi Ana, tudo bem ? Saudades de você. O tempo passa rápido demais! Ao mesmo passo que nos orgulhamos das nossas conquistas, bate aquela saudade boa da época que não se havia conquistas pra nos orgulhamos. Aquela mesma época em que tocar violão depois da aula, sem hora pra parar era só o que realmente importava.

    Acho bacana esse tipo de post, por que responde aquelas perguntas "E fulana de tal ? Poxa tão gente boa! O que será que tá fazendo da vida ?". Fico muito feliz que esteja evoluindo tanto como pessoa tanto como profissional!

    Com carinho, Gregory.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana! Estou pensando seriamente em começar um diário. Digamos que ando numa fase complicada da vida, e acho que isso me faria bem. :)

    Tenho acompanhado sua rotina no Instagram. Fico muito feliz pelas suas conquistas. Que a vida lhe proporcione mais e mais surpresas este ano! E que você possa compartilhá-las todas aqui, nesse cantinho que você gosta tanto.

    Beijos pra você! <3

    ResponderExcluir
  3. Mulher, não some mais não, pelo amor de Deus.
    Dava maior tristeza vir aqui e não ver o Bolas de Meia atualizado, mas tava matando a saudade te acompanhando no instagram e no youtube <3
    Ps: tô pensando seriamente em procurar um analista também, tô passando por cada perrengue que acho que já tô chegando no meu limite psicológico :(

    VIENA

    ResponderExcluir
  4. Anaaaaa sua linda! É tão bom te ver de volta. Não vou negar que estou sempre acompanhando você em todos os cantos: no insta, no youtube... mas aqui no Bolas de Meia é diferente. Palavras tem tanto poder e você tem tanto poder sobre elas quando escreve. Você encanta.
    Espero te ver por aqui sempre agora. Bêjo, Isa!

    www.itszabella.com

    ResponderExcluir
  5. Muito não esqueça daqui do bolas de meia. Estou acompanhando seu canal e agora seu blog. Parabéns por tudo.

    Um abraço,
    Gleyson de Fortaleza-CE.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ana. Te conheci há uns bons anos em um vídeo que você tocava ukulele. Comecei a acompanhar você desse dia, no seu blog e no youtube, e permaneço até hoje.
    É muito incrível como a vida passa, as coisas mudam e elas se tornam ainda mais especiais, né?
    No começo dá um medo enorme de determinadas coisas, mas depois parece que elas deviam ser exatamente assim (trabalho, relacionamento amoroso e principalmente as mudanças internas).
    Espero um dia poder amadurecer e levar a vida assim como você, com muita leveza, mas levando a sério os compromissos.

    PS: você e o Andres são lindos :*

    naoseavexe.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Passando bem rapidinho para te convidar a participar de um evento para divulgar, promover e gerar novos contatos e conteúdos para seu blog.
    Venha conhecer e convide suas amigas: http://www.bembela.com/2018/06/maratona-beda-interblogs-2018-inscricoes-para.html

    ResponderExcluir