23.10.14


A foto é por causa do Outubro Rosa. Era a foto com mais coisas cor de rosa que eu tinha! Hehe

Quando eu tinha uns 11 ou 12 anos, percebi que um seio meu estava maior que o outro, tinha um caroço nele. Mostrei para a minha mãe e ela me levou ao médico. Chegando lá, ele disse que era normal. Eu estava começando a crescer e é natural que um "caroço" nasça antes do outro. Não me lembro dos termos técnicos, passaram tantos anos! "Ufa!", respiramos aliviadas.

Dito e feito. Depois tudo voltou ao normal.

Alguns anos depois, percebi que havia outro caroço crescendo dentro de um dos seios novamente. Mas dessa vez era diferente, ele era do tamanho de um feijão. As vezes incomodava, mas era raro.

Falei com a minha mãe outra vez e ela me levou ao mastologista.
"Você tem um tumorzinho", ele disse. 
Gelamos. 
"Tumor(zinho)". Palavra forte, né?! Mas ele falou assim mesmo, com a maior naturalidade do mundo. E usar a palavra no diminutivo não aliviou em nada.

Fizemos uma ultrassonografia e ele explicou que se tratava de um Fibroadenoma, um tumor benigno e que nem precisava ser retirado, se não me incomodasse. De fato, não tem incomodado mesmo não.
"Ufa", respiramos mais aliviadas que da primeira vez.

Bom, eu nunca tinha contado isso para muitas pessoas. Só para alguns amigos mais íntimos. Mas o ponto onde eu quero chegar aqui é que: Eu senti poucos sintomas do que poderia ser um câncer de mama. Fiquei desesperada, sofri com antecedência sem nem saber do que se tratava. Graças a Deus não era nada que comprometesse a minha saúde. Mas infelizmente milhares de mulheres não tem essa sorte que eu tive, se é que posso chamar assim.

Mais de 65 MIL mulheres já fizeram cirurgia de remoção dos seios para o tratamento do câncer de mama através do SUS. Mas a maioria delas não tem condições financeiras para fazer a reconstituição dos seios ou para comprar um sutiã pós-mastectomia para usar como prótese.

Pensando em ajudar essas mulheres, a Santina resolveu criar um site onde nós, blogueiras, podemos pegar um selo e acrescentar em nossos blogs. A cada blog participante, um sutiã pós-mastectomia será doado ao IBCC (Instituto Brasileiro de Controle de Câncer).

Se você for blogueira (acredito que blogueiros também possam apoiar nessa causa, apesar do site estar no feminino) e quiser participar, é só fazer o seguinte:
  • Acesse o site
  • Pegue o código do selo e coloque em seu blog
  • Registre a sua participação
A campanha termina no dia 31. Eles irão apurar o número de blogs participantes e, em seguida, fazer as doações. 
O resultado será publicado no próprio site.

Se você não tem um blog mas conhece alguém que tenha, passe para frente. Essa ajuda não custa nada para nós, mas vale muito para quem precisa.

Marcadores: , , ,










22.10.14



Algumas pessoas me indicaram para responder essa tag/meme. Estou com medo de citar e esquecer de alguém, desculpem!
Na verdade, não foi só nessa tag. Tem muitas outras que até agora não tomei vergonha na cara e não respondi. Mas eu vou, é tudo uma questão de tempo! hehe


O que eu mais gosto de ver nesses memes é que você sempre acaba conhecendo ou descobrindo algo sobre a blogueira que você não sabia.



#1 por que decidiu criar um blog e quando começou?  
Eu não me lembro bem o motivo de ter começado a blogar. Antes do Bolas de Meia sempre tive outros blogs. Mas o Bolas de Meia surgiu da vontade de me desligar um pouco do ovo que é essa cidade. Conhecer coisas novas e compartilhar o que eu sei e o que gosto.

#2 quais benefícios o blog te traz?  
Primeiro que blogar é uma terapia. Um jeito de desabafar, de se entender melhor. Daí depois vem os leitores, cheios de carinho, sempre mandam mensagens parabenizando e falando alguma coisa que me coloca pra cima. Nas vezes que pensei em parar (e só o Victor soube delas), chegava alguém e me contava o quanto gostava do que eu fazia. Isso renovava a minha vontade e eu continuava. Até hoje é assim.
E também tem as pessoas que eu conheço. Já conheci muitos outros blogueiros, muitos leitores que até se tornaram amigos... posso dizer que tenho amigos no Brasil inteiro por conta do blog. E até fora dele. Sempre vejo uma ou outra leitora de Portugal por aqui. :D

#3 qual é o post mais acessado?  
Com certeza é o tutorial de como enrolar o cabelo sem usar secador, chapinha ou babyliss. Muitos leitores chegaram aqui fazendo alguma pesquisa parecida no google.

#4 você usa as redes sociais?  
Sim, uso mas faço uso moderado. Consigo ficar dias sem postar no instagram, facebook eu uso mais pra divulgação (sempre reclamam da minha demora pra responder) e ultimamente tenho usado bastante o twitter. Lembrando que todas as minhas redes sociais estão alí na lateral, abaixo da foto do perfil.

#5 como o blog tem evoluído?  
Acho que o blog é um reflexo de mim. Por isso, ele evolui junto comigo. Aos pouquinhos eu vou crescendo, ficando mais responsável e aprendendo mais coisas. Acho que por estar me dedicando tanto a ele, essa dedicação tem trazido frutos muito bons. 

#6 já viveu algum fato importante por causa do blog?
Sim, muitos! Acho que esse ano está sendo o ano das oportunidades. Tudo começou em Janeiro quando fui convidada para dar entrevista em um programa de uma TV local. Depois eles me convidaram a ter um quadro nesse programa. Já viajei em nome do blog e também participei de uma premiação da Capricho. Fiquei muito feliz com o reconhecimento de tudo isso e a confiança no meu trabalho.

#7 de onde nasce a inspiração para escrever e continuar com o blog?  
De uma música, um livro, filme, de alguma conversa com alguém... As inspirações estão por todoa os lados. Tudo pode virar post. Esse é o lado bom de ter um blog, ele praticamente te ensina a ser criativa o tempo todo.

#8 o que você tem aprendido a nível pessoal e profissional esse ano?  
Tenho aprendido a ter mais responsabilidade, a ser mais focada e organizada. Aprendi que sim, a melhor coisa é fazer o que ama mesmo que não dê (muita) grana. E que qualquer trabalho dá trabalho. Blogar, pra quem leva a sério, pode parecer fácil pra quem olha de fora. Pra mim, tem ficado cada dia mais difícil. E também aprendi que quando você se dedica de corpo e alma, o recinhecimento vem uma hora ou outra.

#9 qual é sua frase favorita?
"A gente nunca pode julgar o que acontece dentro dos outros" , -CFA.
Eu tenho essa frase como um mantra na minha vida. Não vou ser hipócrita em dizer que não julgo ou nunca julguei. Infelizmente é natural do ser humano. Mas quando começo, é nessa frase que eu penso. A gente nunca sabe o que a pessoa passa ou sente de verdade. No fim, é melhor a gente parar mesmo de se importar tanto com atitudes alheias. Não vale a pena, não acrescenta em nada na nossa vida. É perda de tempo.

#10 qual conselho você daria para quem está começando agora no mundo dos blogs?
Muita gente começa um blog já pensando no sucesso que ele pode fazer um dia. Se você é uma dessas pessoas, pode desistir de uma vez.
A gente deve começar a fazer algo por amor, sem se preocupar com números. Com o tempo, surgem pessoas que se identificam. E é engraçado que menos de 20% das pessoas que te lêem, interagem. 
Mas SEMPRE tem gente te acompanhando.
Fale sobre o que entende, o que gosta, se dedique que o que é teu, tá guardado. Vai acontecer cedo ou tarde.

#11 o que os blogs que você vai indicar têm em comum?  
O conteúdo. São blogs pessoais onde se pode encontrar de tudo um pouco. Desde uma crônica sobre o que se sente até resenhas de cosméticos. 

Vou indicar 6 blogueiras porque sou exagerada mesmo! Quero muito ver as respostas delas: 
E aí, gostaram? Comentem abaixo :D
Beijos!

Me acompanhe também nas redes sociais:

Marcadores: , , ,










20.10.14



Eu sei, eu sei. Hoje é segunda, podem me dar bronca. Mas acontece que o final de semana foi tão corrido, louco e quente que, agora que eu tive tempo para sentar e respirar, percebi que já é quase final de Outubro (!!!) e o final de semana do projeto foi esse que acabou de passar. Gente, o que estão fazendo com os nossos dias?

Como eu sempre tardo mas nunca falho, trouxe as últimas fotos que tirei do meu celular. Espero que curtam! :D

 Já é a segunda #Selfie que o Snow tira! HAHA

 Vou preparar um cantinho na minha casa para as suculentas.

 Capinha do blog que recevi da Vou Colar || Keds que recebi da Verse.

Selfie sozinha || Selfie com o Mô

E ai, gostaram das fotos? Todas elas foram tiradas do mês passado pra cá e editadas com o aplicativo VSCOcam. Algumas vocês já viram no instagram (ainda não segue? @_Lhana).

Visitem os blogs das outras participantes!

Marcadores: , ,










17.10.14



Esse aplicativo não é tão novo. Já está rolando pelas interwebs há um bom tempo. Mas como eu sempre recebo comentários -nas fotos do instagram que eu usei- perguntando "qual é o app, Ana?", eu resolvi fazer esse post e responder a todos de uma vez só.

Descobri um app parecido através do Antônio, era o Giddyology. Achei a proposta divertida, usei e gostei bastante. O Giddyfingers é um aplicativo que veio depois. É da mesma criadora, Mara Goes, e tem o mesmo objetivo. Mas é um pouco mais completo e melhorado.

Uma das coisas que eu mais gosto nele é que dá para editar as fotos no tamanho original. Um ponto super positivo. Existem aplicativos lindos mas que só ficam no formato quadradinho, para o instagram. =(


O aplicativo é super fácil de usar. Não tem nenhum tipo de filtro, só os ícones mesmo. A variedade é bem grande e eles deixam a foto muito mais divertida.

Editei algumas fotos (várias, porque me empolguei) para mostrar como ficaram:










O aplicativo é gratuito, está disponível na AppleStore e para Android eu só encontrei o Giddyology, que é tão legal quanto.

E aí, gostaram? Quem já conhecia?
Me respondam nos comentários!
Beijos!
Me acompanhe também nas redes sociais:

Marcadores: , ,










15.10.14



"Pode ser tempo de esperar. Parar para ouvir coisas que o silêncio diz no pé do ouvido da gente. Pode ser tempo de deixar acontecer, desacelerar. A vida vai além deste instante. Não é de chegar primeiro, mas é de continuar. No compasso da canção, na hora e no lugar".

Existe tempo para todas as coisas. E a gente teima em colocar a carroça na frente dos bois, tem hora. Queremos falar mais alto, berrar, bater o pé e fazer tudo do nosso jeito. Mas tem momentos que só precisamos ouvir. Calar, desacelerar e refletir.

Engraçado que, quando a gente vive -e aproveita intensamente- um momento de cada vez, as coisas vão se encaixando melhor. Mamãe sempre dizia, mas eu aprendi isso com o tempo. Tentava de todas as formas e me obrigava a fazer acontecer. Isso me deixava exausta e muitas vezes, triste.

Aí eu percebi que sim, eu tinha que tentar de todas as formas, mas elas só iriam acontecer quando realmente tivessem que acontecer. E quando eu parei de querer tudo pra já e aproveitar mais aquilo que eu já tinha, a minha vida ficou mais leve

Não tenha pressa. Se você quer muito algo e se entrega por ela, ela vai acontecer. No tempo certo, na hora e no lugar.



Me acompanhe também nas redes sociais:

Marcadores: , , ,











a blogueira


Olá. Eu sou a Ana, tenho 19 anos e moro em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. O Bolas de Meia é o meu cantinho onde compartilho um pouco do que sei, vejo, vivo e sinto. Para me conhecer melhor, clique na foto acima ou me encontre nas redes sociais abaixo.





facebook






categorias


instagram


link-me!
Bolas de Meia -
Bolas de Meia -


Blogueiras Unidas contra o Câncer de Mama
correio




publicidade


Choies-The latest street fashion



arquivos

















Bolas de Meia - 2011 ~ 2013 ©
Todas as postagens aqui contidas são de autoria da Ana Arantes, exceto quando apontado o contrário. As imagens utilizadas são fruto de reproduções, e se você teve seu conteúdo publicado aqui e deseja que seja retirado, entre em contato em contato@bolasdemeia.com.




Design e codificação por Júlia Duarte.



From scratch, with ♥
Powered by Blogger.
Ícones We ♥ Icon Fonts
Ilustrações: Malena Flores