30.3.12





Todos os dias somos bombardeados por notícias ruins. Sou dessa leva de gente que não gosta de saber do que se trata se não for coisa boa. Odeio ler jornal. Odeio assistir jornal. Mas esse ano não posso evitar. Tento o máximo que posso, mas sabe como é, sou vestibulanda e tenho que estar ligada em tudo o que acontece. Mas hoje decidi escrever porque ouvi fulano dizendo para ciclano: "Viu a mãe que trancou o filho no carro pra matar ele?". O que eu evito ver na TV as pessoas comentam ao meu lado. Do que adianta?
Ok. Vamos fingir que estamos assistindo um telejornal a noite, aquele depois da novela. O âncora saúda a todos e começa a dar as notícias dos mais variados tipos: "Político cassado por roubo do dinheiro público" "Tantas pessoas morreram em um ataque terrorista", "filha mata os próprios pais", "menino é arrastado por carro durante um assalto", "ONG oferece cursos de capacitação para pessoas com deficiência", "Manifestação acaba em tragédia" e assim por diante. Sem contar quando chamam os repórteres que mostram vídeos e ficamos muito mais sensibilizados com tudo o que vemos. 90% das notícias são sempre ruins. Ruins de tal forma que nem reparamos nas boas para comentar com os amigos depois. E no final do telejornal os âncoras falam assim: "Nós ficamos por aqui, boa noite.".
Eu ouvi isso mesmo? ele disse boa noite? como assim boa noite? Acabaram de encher a nossa cabeça com coisas ruins, atos desumanos praticados por nós, seres humanos e ainda falam ~Boa noite~? 
Comigo isso não cola não. Não é querendo ser sensacionalista nem nada. Mas é que vivemos pedindo paz. Mas não levamos a paz aos outros. A partir do momento que repassamos essa notícia da mãe que quis (e conseguiu) matar o próprio filho, a paz sai automaticamente de cogitação. Vai me dizer que você não ficou horrorizado ao saber disso? 
Então vamos combinar o seguinte? Só venha me procurar quando o meu time de futebol ganhar, ou quando minha banda favorita vier fazer um show, quando alguma boa ação for mais importante que o massacre que aconteceu esse final de semana em algum lugar por aí, ou algo do tipo.
Muito obrigada.

Marcadores:



comments powered by Disqus







a blogueira


Olá. Eu sou a Ana, tenho 20 anos e acabei de sair de Petrópolis (região serrana do Rio de Janeiro) para viver novas experiências na grande São Paulo. O Bolas de Meia é o meu cantinho onde compartilho um pouco do que sei, vejo, vivo e sinto. Para me conhecer melhor, clique na foto acima ou me encontre nas redes sociais abaixo.





facebook






categorias


instagram


link-me!
Bolas de Meia -
Bolas de Meia -


correio




publicidade

Choies-The latest street fashion
www.lalalilo.com
lalalilo.com
arquivos

















Bolas de Meia - 2011 ~ 2013 ©
Todas as postagens aqui contidas são de autoria da Ana Arantes, exceto quando apontado o contrário. As imagens utilizadas são fruto de reproduções, e se você teve seu conteúdo publicado aqui e deseja que seja retirado, entre em contato em contato@bolasdemeia.com.




Design e codificação por Júlia Duarte.



From scratch, with ♥
Powered by Blogger.
Ícones We ♥ Icon Fonts
Ilustrações: Malena Flores