13.11.14



Faz muito, muito tempo que quero contar um pouquinho sobre esse livro aqui no blog, já que algumas das perguntas que mais me fazem são relacionadas a criatividade.

Pois bem. Ao ler o título e o subtítulo do livro pela primeira vez, fiquei bem confusa: "Ele quer que eu roube ou quer dar dicas para ser criativa? Como é que é esse negócio aí?".
Por ser um livro pequeno e por a Emille me dizer que era bom, decidi comprar.

Não esperava me surpreender tanto.

No livro o autor Austin Kleon conta, com 10 dicas, coisas preciosas que ele observou e aprendeu ao longo da sua jornada trabalhando com criatividade e convivendo com pessoas que ele julgava mais talentosas que ele mesmo. E o mais legal é que, durante a leitura, você vai se identificando e percebendo o que te ajuda e o que te atrapalha no fim das contas.

Em resumo, as 10 dicas são:
  1. Roube como um artista
  2. Não espere até saber quem você é para poder começar
  3. Escreva o livro que você quer ler
  4. Use as mãos
  5. Projetos paralelos e hobbies são importantes
  6. O segredo: Faça um bom trabalho e compartilhe-lo com as pessoas
  7. A Geografia não manda mais em nós
  8. Seja Legal. (O mundo é uma cidade pequena.)
  9. Seja chato. (É a única maneira de terminar um trabalho)
  10. Criatividade é subtração.

Apesar do título, a proposta do livro é bem diferente do que eu (e acredito que a maioria das pessoas também) imaginei. Eu e essa mania de levar tudo ao pé da letra.

Austin explica que tudo o que o artista cria, vem de algum lugar. Nada é original. O que precisamos fazer é pegar a ideia inicial e transformar em algo melhor.

O "Roube" é como se fosse um "inspire-se". Claro, pois roubar (copiar, plagiar) é crime, duur. E o "como um artista" é um sugestivo para você descobrir, a partir de onde você se inspirou, o que e como funciona para você, o que estimula a sua criatividade. 


Eu achei um livro muito rico e de dicas muito valiosas. Li e tive vontade de colocar uma por uma em prática. Sem exageros.
Esse é o segundo livro que faço resenha aqui no blog e decidi que sempre eu fizer alguma, vou colocar no final do post uma resenha oposta a minha opinião, assim vocês poderão ter mais de um ponto de vista, já que cada um tem uma reação diferente. Mas eu procurei uma resenha negativa sobre este livro e não encontrei nenhuma. 

Se você é dessas pessoas que acham que não são criativas e que isso é um tipo de "dom", saiba que criatividade é questão de prática e incentivos. E esse livro pode ajudar não só com trabalhos criativos, as dicas fazem diferença no dia a dia mesmo.

Comprei na Saraiva por R$23,60 (aqui). Eu acho que todo mundo deveria ler.

E você? Já leu? Gostou? Responda aqui nos comentários!
Beijos!

Me acompanhe também nas redes sociais:

Marcadores: , , ,



comments powered by Disqus







a blogueira


Olá. Eu sou a Ana, tenho 20 anos e acabei de sair de Petrópolis (região serrana do Rio de Janeiro) para viver novas experiências na grande São Paulo. O Bolas de Meia é o meu cantinho onde compartilho um pouco do que sei, vejo, vivo e sinto. Para me conhecer melhor, clique na foto acima ou me encontre nas redes sociais abaixo.





facebook






categorias


instagram


link-me!
Bolas de Meia -
Bolas de Meia -


correio




publicidade

Choies-The latest street fashion
www.lalalilo.com
lalalilo.com
arquivos

















Bolas de Meia - 2011 ~ 2013 ©
Todas as postagens aqui contidas são de autoria da Ana Arantes, exceto quando apontado o contrário. As imagens utilizadas são fruto de reproduções, e se você teve seu conteúdo publicado aqui e deseja que seja retirado, entre em contato em contato@bolasdemeia.com.




Design e codificação por Júlia Duarte.



From scratch, with ♥
Powered by Blogger.
Ícones We ♥ Icon Fonts
Ilustrações: Malena Flores