24.5.13


Seu nome é Rodrigo Correia. Eu pedi para chamá-lo de Roco porque achei legal a junção da primeira sílama de cada nome. Além do mais, acho que esse apelido combina com ele. ^.^ Foto tirada da câmera Action Sampler.

 Já falei sobre o Rodrigo algumas vezes aqui. Nesse post, quando o conheci na lomography quando fui comprar a minha diana mini e nesse post quando voltei lá para comprar a minha fisheye. Ele é um amigo tão querido e admirado por mim que eu acho que já passou da hora dele aparecer na categora Meus amigos me inspiram.
O Rodrigo, gente, tem uma coleção LINDA de câmeras analógicas. Segundo ele, mais de 20 (ele me contou por carta faz um tempo, deve ter aumentado já). E o mais legal disso tudo é que ele nem tem costume de usar câmeras digitais.
Instagram? quem precisa de instagram quando se tem as próprias câmeras que deixam as fotos com aqueles efeitos que a gente tanto ama? (apesar disso, ele tem instagram e é @rodrigocorreia_, segue lá.)

câmera: Fisheye
câmera: La Sardina
Câmera: Olympus Trip 35
câmera: La Sardina com filme cromo
câmera: Kodak Hawkeye (uma câmera de 1920, que ele herdou de seu avô, pouco antes dele falecer) com filme cromo.
câmera: Agfa Parat I (uma câmera da década de 60)
Mais uma da fisheye (ele também é apaixonado por gatos)
Estou apaixonada por essa!!! câmera: Holga 135BC usando filme colorido comum, mas a foto foi feita com longa exposição, sem flash
câmera: Sprocket Rocket, que faz fotos panorâmicas, com as perfurações do negativo aparecendo.
Algumas fotos ele postou no facebook e outras ele me passou. Além de tudo ele também faz desenhos lindos. Mas eu já contei naquele post que eu fui comprar a fisheye, né?! hehe

Eu gosto de pessoas assim, que tem o costume de usar câmeras analógias. Sai um pouco mais caro e tem gente que não gosta esperar o filme terminar e ainda ter que levar para revelar. Mas quando se usa uma câmera analógica, não há outra forma de você ver as fotos se não revelar. Com fotografias digitais a gente se acomoda em deixar tudo no computador e não naquele álbum que a gente pega na estante e mostra para amigos, tios, avós ou namorado.
Encaixar o filme, bater a foto e girar a manivela para bater a próxima foto é um prazer inexplicável. Só quem tira fotos com câmeras analógicas sabe como é gostoso levar o filme para revelar e ver que o resultado ficou legal.

Roco, quando eu crescer, quero ser como você.

Marcadores: , ,



comments powered by Disqus







a blogueira


Olá. Eu sou a Ana, tenho 20 anos e acabei de sair de Petrópolis (região serrana do Rio de Janeiro) para viver novas experiências na grande São Paulo. O Bolas de Meia é o meu cantinho onde compartilho um pouco do que sei, vejo, vivo e sinto. Para me conhecer melhor, clique na foto acima ou me encontre nas redes sociais abaixo.





facebook






categorias


instagram


link-me!
Bolas de Meia -
Bolas de Meia -


correio




publicidade

Choies-The latest street fashion
www.lalalilo.com
lalalilo.com
arquivos

















Bolas de Meia - 2011 ~ 2013 ©
Todas as postagens aqui contidas são de autoria da Ana Arantes, exceto quando apontado o contrário. As imagens utilizadas são fruto de reproduções, e se você teve seu conteúdo publicado aqui e deseja que seja retirado, entre em contato em contato@bolasdemeia.com.




Design e codificação por Júlia Duarte.



From scratch, with ♥
Powered by Blogger.
Ícones We ♥ Icon Fonts
Ilustrações: Malena Flores