25.10.13



Eu não preciso dizer aqui todos os termos e características do bullying porque isso todo mundo já sabe. A maioria de nós que ainda somos jovens já fizemos muitos trabalhos escolares sobre o assunto. E quem já é pai ou mãe, já ouviu ou vai ouvir alguma hora sobre o assunto na TV, nos jornais ou até mesmo dos próprios filhos. 
Eu nunca sofri bullying. Claro que já fui zoada na escola por ser magricela ou branquinha demais ou coisas parecidas. Já grudaram chiclete no meu cabelo e também já ficaram jogando coisas minhas para outra pessoa me fazendo de "bobinha" enquanto eu tentava recuperar. Mas era brincadeira, sem recentimentos, até no caso do chiclete. Nada disso nunca afetou meu desempenho na escola ou me atrapalhou em qualquer outra ocasião. O caso do bullying é algo muito mais sério. 
Qualquer pessoa pode ser vítima por qualquer motivo: por alguma característica física, por ser estudioso demais, por ser tímido demais, enfim, centenas de outras coisas.
Quem me convidou para falar sobre o assunto foi a Alana do blog Se eu fosse Alice. Eu e ela somos muito amigas, como vocês puderam perceber, então sei da história em detalhes. Mas ela relatou um pouco aqui nesse post. Felizmente ela achou uma saída para tudo isso, criou o blog. Mas muitas pessoas não conseguem e acabam pirando com toda essa pressão. 
A agressão (física ou verbal) pode causar danos permanentes. Quem sofre bullying muitas vezes se cala, se esconde e acha que o problema está com ela e não com os outros. Costumam não querer tocar no assunto e se excluem socialmente.
Podem até se tornar agressivas ou depressivas ao extremo. Já vimos casos na Tv e nos jornais de homicídio e suicídio. Isso não é uma brincadeira, caso alguém aidna insista em dizer que é.
Se você conhece alguém que sofre bullying, ajude. Incentive a pessoa a procurar ajuda da família, amigos e profissionais preparados para lidar com isso.
Muitas vezes, quando estamos passando por algum problema, precisamos de ajuda porque não conseguimos sozinhos, mas não sabema como pedir. 
Ame mais, doe-se mais. 

*Propus lá no grupo do blog uma blogagem coletiva sobre assunto. Caso você é blogueiro(a) e já tenha feito um post sobre isso ou queira fazer, me mande o link que eu edito esse post e coloco aqui!*

Blogs:
- Doe amor (A mesma essência)
- Você não está sozinho (Abrigo da Saudade)

Beijos, pessoal!

Me acompanhem também nas redes sociais:

Marcadores: , ,



comments powered by Disqus







a blogueira


Olá. Eu sou a Ana, tenho 20 anos e acabei de sair de Petrópolis (região serrana do Rio de Janeiro) para viver novas experiências na grande São Paulo. O Bolas de Meia é o meu cantinho onde compartilho um pouco do que sei, vejo, vivo e sinto. Para me conhecer melhor, clique na foto acima ou me encontre nas redes sociais abaixo.





facebook






categorias


instagram


link-me!
Bolas de Meia -
Bolas de Meia -


correio




publicidade

Choies-The latest street fashion
www.lalalilo.com
lalalilo.com
arquivos

















Bolas de Meia - 2011 ~ 2013 ©
Todas as postagens aqui contidas são de autoria da Ana Arantes, exceto quando apontado o contrário. As imagens utilizadas são fruto de reproduções, e se você teve seu conteúdo publicado aqui e deseja que seja retirado, entre em contato em contato@bolasdemeia.com.




Design e codificação por Júlia Duarte.



From scratch, with ♥
Powered by Blogger.
Ícones We ♥ Icon Fonts
Ilustrações: Malena Flores