Me siga!

25.10.13

Falando sobre bullying


Eu não preciso dizer aqui todos os termos e características do bullying porque isso todo mundo já sabe. A maioria de nós que ainda somos jovens já fizemos muitos trabalhos escolares sobre o assunto. E quem já é pai ou mãe, já ouviu ou vai ouvir alguma hora sobre o assunto na TV, nos jornais ou até mesmo dos próprios filhos. 
Eu nunca sofri bullying. Claro que já fui zoada na escola por ser magricela ou branquinha demais ou coisas parecidas. Já grudaram chiclete no meu cabelo e também já ficaram jogando coisas minhas para outra pessoa me fazendo de "bobinha" enquanto eu tentava recuperar. Mas era brincadeira, sem recentimentos, até no caso do chiclete. Nada disso nunca afetou meu desempenho na escola ou me atrapalhou em qualquer outra ocasião. O caso do bullying é algo muito mais sério. 
Qualquer pessoa pode ser vítima por qualquer motivo: por alguma característica física, por ser estudioso demais, por ser tímido demais, enfim, centenas de outras coisas.
Quem me convidou para falar sobre o assunto foi a Alana do blog Se eu fosse Alice. Eu e ela somos muito amigas, como vocês puderam perceber, então sei da história em detalhes. Mas ela relatou um pouco aqui nesse post. Felizmente ela achou uma saída para tudo isso, criou o blog. Mas muitas pessoas não conseguem e acabam pirando com toda essa pressão. 
A agressão (física ou verbal) pode causar danos permanentes. Quem sofre bullying muitas vezes se cala, se esconde e acha que o problema está com ela e não com os outros. Costumam não querer tocar no assunto e se excluem socialmente.
Podem até se tornar agressivas ou depressivas ao extremo. Já vimos casos na Tv e nos jornais de homicídio e suicídio. Isso não é uma brincadeira, caso alguém aidna insista em dizer que é.
Se você conhece alguém que sofre bullying, ajude. Incentive a pessoa a procurar ajuda da família, amigos e profissionais preparados para lidar com isso.
Muitas vezes, quando estamos passando por algum problema, precisamos de ajuda porque não conseguimos sozinhos, mas não sabema como pedir. 
Ame mais, doe-se mais. 

*Propus lá no grupo do blog uma blogagem coletiva sobre assunto. Caso você é blogueiro(a) e já tenha feito um post sobre isso ou queira fazer, me mande o link que eu edito esse post e coloco aqui!*

Blogs:
- Doe amor (A mesma essência)
- Você não está sozinho (Abrigo da Saudade)

Beijos, pessoal!

Me acompanhem também nas redes sociais:

25 comentários :

  1. Oi Ana!
    Que legal esse incentivo para a blogosfera falar sobre o bullying.
    Eu nunca sofri bullying, não de um jeito que me desestabilizasse sabe?
    Brincadeiras bobinhas de criança de me chamar de pigmeu e dizer que eu era CDF essas coisas aahahahah, mas sempre quem falava essas coisas eram amigos próximos, que sabiam que podiam brincar com esse tipo de alcunha.
    Minha irmã sempre precisou de cuidados especiais e sempre houve respeito por parte do colégio, dos amigos. Acho que tudo parte de uma boa educação familiar e escolar. Se a comunidade em torno daquelas crianças ter a iniciativa de incluir a todos, conseguir ensinar que aquilo é errado, tanto o causador e o que sofre com esse tipo de atividade começam a entender aquilo e desmistificar sabe?
    Enfim, você destravou a minhoquinha da tagarelice em mim, vou fazer um post sobre isso também!
    Parabéns pela ideia!
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro gente tagarela, Sarah! Pode tagarelar por aqui a vontade! hahaha
      Concordo com você, acho que se os pais fossem mais presentes e ensinassem em casa mesmo o que é certo e errado, com certeza teriamos menos desses problemas :/
      Uma pena ter que abordar sobre esses assuntos, ainda mais aqui onde gosto de falar sobre coisas boas e leves. Mas é necessário porque tem gente que ainda acha que é bobagem!

      Um beijo!

      Excluir
  2. Achei muito interessante esse incentivo.
    Estou ansiosa para fazer um post sobre isso.
    Quando eu fizer te passo o link (:
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Amei. Realmente, já ouvi gente me dizendo que 'Bullying é besteira' e que é frescura da pessoa quando ela não se sente bem com uma brincadeirinha de mal gosto. Acho isso tão ridiculo. As pessoas não se tocam que isso é algo mais lá em baixo e que é algo sério e deve ser levado em conta para o desenvolvimento da pessoa.

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente muitos ainda estão cegos. Nunca passaram por isso ou nunca viram ninguém passar :(
      Beijos!

      Excluir
  4. que bacana essa iniciativa, Ana... a gente que tem blog pode mover muitas pessoas através dos posts em causas importantes, especialmente o bullying.

    muita gente pensa que é bobeira, mas não é. nunca passei por uma situação muito séria, mas já fiquei chateada com muita coisa que ouvi quando criança.

    e a gente pode fazer bastante coisa pra melhorar essa realidade. fazer nosso "papel" de amigo já faz uma diferença danada ^-^

    pena que fiquei sabendo em cima da hora sobre a blogagem coletiva!

    beijinho

    www.pe-dri-nha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem problema, você pode mandar seu link mesmo que escrever depois, eu edito e coloco aqui!! Beijos!

      Excluir
  5. Esse é um assunto muito sério que deve ser discutido constantemente por isso admiro muito essa ideia de blogagem coletiva. Meus parabéns pela iniciativa! Vou ver se consigo escrever alguma coisa também =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vanessa! Não se esqueça de me mostrar!
      Beijos!!

      Excluir
  6. Preciso fazer um trabalho sobre bulliyng e a Ana vai lá e posta algo sobre. Cara, super apoio o incentivo e a ideia de blogagem coletiva. Meus parabéns,

    ResponderExcluir
  7. Ana!!!!! Eu ia escrever sobre isso também, rsrsrs e acabei que nem fiz, participo do grupo mas nem vi que propôs isso, portanto tratarei de escrever o texto o mais breve possível. Esses dias passou no Globo Repórter o assunto, não gostei muito do que vi, pois falaram que o bullying tinha um lado positivo, pessoal bullying não tem NADA de positivo, lá falava de pessoas que supostamente são mais fortes por causa do bullying que sofrerão, e quando tocam no assunto não demonstraram NEM UM POUCO de superação, eu sofri muito bullying e isso me deixou marcas eternas, o que dá pra fazer com isso? Não se remoer, dar a cara pra bater, enfrentar mesmo assim, odeio lembrar do que vivi, foi muito ruim, e não colaborou para meu processo de crescimento, eu tirava forças nem sei da onde. Eu preferia não ter vivido isso, e ao contrário do que dize, o bullying deixa as pessoas mais fracas e não mais fortes, é preciso muita coragem para enfrentar a si mesmo e ao menos fingir que passou por cima disso tudo.

    (falei demais, né? desculpe-me)

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo ctg, Allan. eu tb vi essa matéria sobre bullying, sinceramente, me deu vontade de chorar junto com o povo e não de superar nada. Ninguém cresceu ali com o bullying que sofreu e quem passou por isso sabe o quanto dói. No meu caso, ter passado pelo que passei me fez criar o blog que foi um meio de dar um basta em tudo. Mas é claro que dói, que é ruim e que não desejo isso a ninguém. Talvez o desejo da matéria tenha sido mostrar a quem passa ou passou pelo bullying que há um meio de superar e ficar bem, apesar de não ter funcionado. É isso

      Excluir
  8. É bem tenso! Infelizmente isso é mais comum do que podemos imaginar né? Não entendo a necessidade da sociedade de querer criticar os outros, isso me irrita!

    Beijoos, Ana Carolina.
    http://simplesglamour.blogspot.com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que sofria bullying na infância por ser bem gordinha e me vestir como menino, mas eu nem ligava, sempre fui feliz e achava graça em tudo ahuahu meus amigos faziam várias piadas comigo, algumas maldosas, mas nada que me deixasse mal em casa depois ou atrapalhasse minha vida, minha mãe sempre dizia para não ligar e tal... Mas vejo vários casos de bullying por aí e muitas crianças desestabilizadas por isso e fico chateada com as coisas que o ser humano faz para humilhar alguém. Inclusive quero ressaltar sobre a novela das 9, acho um absurdo o horário nobre mostrar tanto preconceito (fora os outros temas polêmicos), todos os personagens ficam se humilhando e tal, não sou muito de acompanhar, mas toda vez que assisto me dá vontade de desligar a tv rs Falando em tv, assisti ao Globo Repórter esses dias e achei o cúmulo falarem que o bullying faz bem, que fortalece a pessoa, pra mim é um equívoco, pois só prejudica. Antes que eu esqueça, parabéns pela iniciativa rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tô sabendo essa da novela, não costumo assistir!!! Só vi uma coisa sobre humilharem sempre aquela gordinha que quer perder a virgindade. ´Mas não gosto de novelas em geral, sempre vejo muita coisa errada nelas. Começando por adultérios. Se essa aí tem preconceitos também, Deus que me livre! UIASHIUASHIAUSH

      Excluir
  10. falar sobre bullying ainda é um tabu na nossa sociedade, é muito triste ver que no século em que estamos ainda existe essa falta de respeito com o próximo. Ja sofri por ser muito branquinha/gordinha e tudo mais..eu costumava ficar muito triste, mas ultimamente não deixo isso me afetar. Vi o que a fran falou e concordo plenamente, a novela das 9 é preconceito puro, ridiculo! Sua iniciativa foi maravilhosa ana, parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Disse tudo Ana! Esse assunto é bem complexo, existe várias formas de bullying né. Eu mesma me sentia incomodada quando as pessoas colocavam apelido em mim, eu nunca fui de brincadeira, nunca fui de colocar apelido nas outras pessoas e por esse motivo achava ruim quando colocavam em mim. Tinha um menino na minha escola que me chamava de um monte de coisas que me incomodavam, eu contei à minha mãe e ela me ajudou a colocar uns apelidos idiotas nele, aí toda vez que ele me zoava eu zoava ele também, e foi assim que ele parou de me zoar. É muito ruim quando as pessoas não te respeitam. Adorei a ideia de vocês de falar sobre um assunto tão importante nos dias de hoje. Parabéns pelo post. :)

    BLOG: NAHBOA?!
    FANPAGE: NAHBOA?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ISSO QUE É MÃE!!! <3 IUASHIUAHSUAISHUAISHUAISH

      Excluir
  12. Olá hoje resolvi dar uma passadinha em alguns blogs, gostei bastante do seu. Espero que visite o meu toqueversatil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Que bacana o assunto do seu post! Já sofri bullying e é um inferno, mesmo. E foi por razões que hoje vejo que eram super nada a ver, sabe? Às vezes é uma coisa que pra outra pessoa é só uma brincadeira, mas eu sempre fui meio tímida/com pouca auto-estima e isso só agravava mais a situação! E o pior é que as pessoas te acham "tonta" por se afetar com esse tipo de coisa, mas não entendem que cada pessoa lida com as coisas de um jeito... Falta bastante empatia das pessoas pra entender o bullying ainda!

    Enfim... Conheci seu blog agora e já gostei, curti segui e fiz td as paradas já hahahha

    Beijos,
    http://www.infinitanowhere.com

    ResponderExcluir
  14. Numero 1: você visitou meu blog e ja falando que comecei com tudo!
    MAAAAAAAS QUEM DERA *-* KKKKK Sério, você nem sabe que sempre visitei o seu e me inspirei no jeito simples e lindo do seu blog ♥♥
    E sobre o post: Muito bom seu post e eu também nunca sofri bullying... Ok, sempre fui zoada por ser branca dms e baixa, mas isso nunca me afetou. E interessante eu ler seu post agora, essa semana comecei a ler um livro (que to amando) e ele conta a história de uma menina que é conhecida como "A fera" na escola.. Nossa, sinto pena dela no começo do livro :(
    Mas o assunto é tenso mesmo e infelizmente ainda acontece muito :/ e pior, que tem gente que fecha os olhos para isso. No ensino fundamental, eu lembro de um garoto que sofria bullying porque morava em um SÍTIO, sério.. SÓ PQ ELE MORAVA EM SÍTIO! Ele sofria muito com isso, mas os professores não faziam nada e muito menos a direção da escola... Lembro que na época eu ficava muito brava com a situação e sentia pena do garoto, mas algumas vezes... Infelizmente, eu ria de algumas piadas (gente, eram boas kkk sorry KKKK eu sou do tipo q ri até em velório, sempre acabo dando risada quando não é pra rir). Mas o garoto mudou de escola e tudo :( ele até era legalzin.
    Enfim, adorei seu blog e o post. Com certeza vou acompanhar
    Beijosmil Ana!


    http://apequenaka.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. O bullying é uma assunto sério e pode deixar marcas na vida de uma pessoa para sempre. Não é brincadeira como alguns pensam e pode causar sérios problemas. Parabéns pelo post. Bjus!

    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Quando eu sofri Bullying na escola , eu realmente achava que eu era o problema, mas por outro lado não me afastava das pessoas , tentava ao máximo fazer amigos e mostras para elas que eu era legal (ai cansei e parei de ser legal u.u) . Confesso que na internet foi o meu refugio, minha mãe sempre me perguntava porque eu passava tanto tempo no computador, mas era porque eu me sentia bem, sem ninguém me 'fazendo mal'. Até hoje tem vestígios disso na minha vida , as vezes me afeta, quando lembro. Outra coisa que parte o meu coração, é quando vejo alguém sozinha na escola, tipo sempre, eu quero falar com a pessoa, mas não consigo :( Beijos

    ResponderExcluir
  17. Já tive os meus momentos: http://nossosciclos.blogspot.com.br/2013/10/o-bullying.html

    ResponderExcluir
  18. Já tive os meus momentos: http://nossosciclos.blogspot.com.br/2013/10/o-bullying.html

    ResponderExcluir